fbpx
× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 9 8900-6136
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail
As armas da persuasão do marketing digital

AS ARMAS DA PERSUASÃO

Inspirado no livro de Robert B. Cialdini, existem algumas técnicas no copywrite – a escrita persuasiva do marketing digital – que podem fazer toda a diferença na hora de convencer um lead a tomar alguma decisão.

No curso são ensinadas quais são essas técnicas o que podemos chamar de armas da persuasão de uma maneira mais profunda.

Alguns termos que são usados no marketing, como lead, call to action, fases do funil, persona, que serão citadas no texto, terão suas explicações no final dele.

Mas, por enquanto, você vai aprender um pouco mais sobre 5 das armas da persuasão mais usadas. 

SÃO ELAS

RECIPROCIDADE

Nesse gatilho mental, como também é chamado, é dado uma “amostra grátis” do serviço para o cliente conhecer a empresa.

Por exemplo, em uma panificadora, uma pessoa pede um café. Poderá ser entregue dado de cortesia um pedacinho de cookie junto com o pedido dele.

Assim, ele vai provar e saber o quanto aquele cookie é bom, e que vale a pena comprar. 

São inúmeras formas de aplicar essa arma. No marketing digital, vemos muito disso em forma de ebooks, conteúdos ricos, palestras gratuitas e assim vai. 

Muitas vezes, através desse gatilho, o lead se torna um cliente fiel à você e só ele contribui com uma parte dos lucros mensais.

APROVAÇÃO SOCIAL

Também chamada de provas sociais, são os depoimentos, os comentários e os números embasados em estudos que validam as ofertas para estimularem uma ação.

Como o ser humano anda no “efeito manada”, ele confia muito mais em um produto que foi testado por outras pessoas, que em um desconhecido.

Aqui a chance de ser muito ruim ou muito bom, são de 50%. E como saber qual será?
Então preferimos o que já é conhecido.

AFEIÇÃO

A identificação da persona com o conteúdo descrito no copy, aumenta com o nível de rapport.

Ou seja, se ela se identifica com o que foi apresentado, ela cria um vínculo e automaticamente ela vai elogiar para as outras pessoas.

Isso acaba contribui para a prova social da sua empresa e resulta no bom copy cumprindo seu dever.

AUTORIDADE

Quando famosos e conhecidos do assunto indicam seu serviço, a confiança que transmite para os leads é muito grande. 

Se a pessoa tiver conhecimento pleno sobre sua área, a empresa ganha autoridade no mercado do seu nicho.

ESCASSEZ

Aquele famoso “corra! O tempo está acabando”, ou um timer no cantinho da tela indicando fim da promoção, afeta demais o psicológico do ser humano.

Algo que está escasso gera desejo, oportunidades menos disponíveis passam a ser mais valiosas. 

Então, você tem que mostrar que algo único e exclusivo, o seu lead jamais terá se não for através de você. 

É importante salientar que, se você não cumprir essa promessa, você perderá todo o interesse que despertou na pessoa e ainda perderá autoridade.

Os gatilhos mentais servem para convencer a persona a ir para o call to action no fundo do funil convencida de que é o melhor passo que ela pode dar. 

TERMOS DO MAKETING DIGITAL

  • GATILHO MENTAL

O que desperta algum sentimento, junto com curiosidade de saber mais;

  • CALL TO ACTION (CTA):

 “Chamadas para a ação”. Os famosos botões coloridos. Eles nos levam para o fundo de funil, a tomada de decisão;

  • LEAD

São possíveis compradores. Pessoas interessadas no seu produto mas que ainda não tomaram a decisão de se tornarem seus clientes;

  • PERSONA

É a idealização dos seus clientes nichados. Muitas vezes personificadas, como o exemplo da Magazine Luíza que tem a Magalu;

  • FUNIL

São as fases em que o lead se encontra. Por exemplo, o topo do funil é quando a pessoa conhece sua empresa. 

O meio do funil, é quando vira lead e tem sua empresa como consideração de compra.

E o fundo do funil é quando ele se torna cliente e realiza uma compra;

  • NICHO:

Representa a área que sua firma atua, como alimentos, indústrias, comércios, beleza, etc;

  • RAPPORT

É o nível de conexão que você cria com sua persona;

  • COPY/COPYWRITE

Uma técnica de escrita com objetivo de vender. Uma escrita persuasiva.

COMO ENTRAR NO RAMO DO MARKETING DIGITAL?

Esses e muitos outros conceitos de marketing são ensinados e aprofundados no curso da Viva CETEP, de Marketing Digital em Curitiba.

É uma profissão que está crescendo constantemente por conta da evolução da tecnologia. 

Como é muito fácil alguém ter internet na palma da mão hoje em dia, está sendo feito um investimento pesado em profissionais desta área.

Entre já no mercado: faça sua matrícula no curso através do nosso WhatsApp!