fbpx
× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 9 8900-6136
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail
Começando na confeitaria: quais materiais adquirir?

Na confeitaria, são necessários vários materiais para auxiliar na produção dos doces. Alguns deles são dispensáveis, pois para funções específicas, existe a chance da adaptação com utensílios usados no dia-a-dia normal.

Já outros, são essenciais para uma boa entrega de produtos. Os materiais podem não ser das melhores marcas, de início, mas é imprescindível ter alguns deles na cozinha na hora da produção.

Conforme uma pesquisa realizada com vários confeiteiros, foi possível fazer uma lista dos principais utensílios em ordem de importância, e vamos disponibilizá-la aqui neste artigo.

Então acompanhe o texto até o final para ser um excelente profissional já de início!

Materiais para produção

Balança

Em primeiríssimo lugar, temos a balança: a mesma classificação para todos os confeiteiros entrevistados.

A confeitaria, diferente da cozinha salgada, é muito exata. Para padronizar uma receita, é preciso ter sempre medido em gramas. Um pouco mais ou menos de algum ingrediente já pode estragar o doce.

Medidores

Um grande aliado do confeiteiro na hora de replicar uma receita ou até mesmo criar uma. Além da medição por balança, existe a medição em xícaras. 

A maioria dos medidores vêm com a indicação de xícaras e gramas, um bom auxílio para saber as quantidades usadas.

Tigelas/Bowls

Essas tigelas em formato de meia lua são usadas para fazer as misturas, já que algumas precisam ser feitas na mão para texturizar-se adequadamente. 

As tigelas menores também servem para deixar ingredientes já separados antes do início da receita, justamente pelas medidas corretas. Às vezes, na hora de estar misturando tudo, fica complicado separar a quantidade exata e por isso já tê-la na vasilha facilita bastante.

Fouet

Todos os confeiteiros adoram essa ferramenta. O “fouet” do francês, ou batedor de claras, é um mexedor multifuncional que pode ser encontrado tanto em silicone como em aluminio, daí vai do gosto do profissional.

Usado para bater claras, como diz o nome, mas também misturar os ingredientes mais líquidos de uma massa de bolo, por exemplo.

Forma assadeira

É essencial ter formas assadeiras na cozinha de um confeiteiro, pois muitos produtos são feitos no forno, como um bolo. 

Se houver dúvidas de quais formatos adquirir primeiro, o indicado para início é de 10cm de altura por 15cm de diâmetro com fundo removível.

Este tamanho é bom pois serve até 20 pessoas e é fácil de decorar, ideal para quem está começando: mais rápido de vender.

Batedeiras

Batedeiras são importantes para as misturas de massas e quase indispensáveis. Não precisa ser a mais cara do mercado, só precisa cumprir sua função.

Claro que com a evolução, melhores serão adquiridas facilitando ainda mais seu trabalho, confeiteiro.

Rolo de macarrão

O rolo tem várias funções, como esticar as massas para estimular as reações químicas dos ingredientes.

Ele também ajuda na decoração com pasta americana, esticando-a para ficar do tamanho certo para o doce em questão.

Materiais para decoração

Peneiras

As peneiras, independente do tamanho, são bem úteis na hora de polvilhar açúcar de confeiteiro por cima de docinhos, cupcakes, bolos, etc.

Quando precisa de farinha peneirada, ou até mesmo gema de ovo na receita também se utiliza a peneira. Assim ela se faz de grande importância e multiuso.

Espátulas

Na hora de decorar bolos, a espátula é extremamente útil para cobrir os bolos com os cremes decorativos. Elas podem ser retas ou com desenhos de Zig Zag entre tantos outros.

Mas se você tiver que escolher apenas uma no começo, a reta é a indicada. Os desenhos podem ser feitos com objetos improvisados como facas com dentes grandes, palitos ou qualquer utensílio de cozinha que permita dar o formato desejado.

Boleira/Bailarina

Esta é uma plataforma possível de girar. Ela pode servir tanto para apresentar bolos quanto para prepará-los. 

Inclusive na hora de colocar o creme com a espátula citados no tópico acima, a boleira – ou bailarina – auxilia na padronização da decoração.

Saco de Confeiteiro

Com suas pontas de diferentes formas, ele serve para decorações um pouco mais elaboradas, porém ainda com a facilidade para as pessoas iniciantes.

Além da decoração, ele também ajuda no depósito dos cremes, coberturas e recheios. 

Como se tornar um bom confeiteiro

Primeiramente, a força de vontade é a parte mais importante. Com o esforço de correr atrás do sonho, fica mais fácil de ver as oportunidades que aparecem.

Cursos também são formas de chegar nos objetivos. Na Escola Viva Avante, há o Curso de Confeitaria em Curitiba, ideal para quem quer começar na carreira ou se aprimorar nela.

Lá são ensinados várias técnicas dividindo o curso em dois módulos: Boulangerie – Panificação e Patisserie – Confeitaria. Ao final do curso, já saem formados profissionais aptos para o mercado de trabalho com as chances de se destacar no mercado de trabalho.

Leia também nosso artigo “Como se destacar na confeitaria (se tornar o melhor)”.

Não perca tempo! Faça agora mesmo sua matrícula no Curso de Confeitaria pelo WhasApp.