fbpx
× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 9 8900-6136
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail
Desafios de um Chef de Cozinha

O Chef de cozinha tem muitas responsabilidades, entre elas a arte de criação de pratos para a organização do cardápio.

A arte de se expressar através da comida atrai muita gente, e como as grandes obras, quando tem qualidade, pode ser cobrado um valor alto.

Algumas pessoas levam pelo lado de desafio, mas muitas outras também levam pelo lado do benefício pois já têm o sonho de comandar uma cozinha sabendo que é um trabalho pesado.

Essa profissão, no entanto, só vem crescendo. Uma prova disso são os cursos técnicos e superiores de Chef de Cozinha crescendo e se espalhando pelo mundo, já matriculando até crianças.

Os benefícios se revelam quando:

  • HÁ TRABALHO PARA CHEFS DE COZINHA

É muito fácil de se achar emprego, pois todos os lugares que tenham cozinhas, incluídos aqui restaurantes, hotéis, embarcações, as empresas que servem refeição para seus funcionários, entre outros, estão sempre contratando agentes gastronômicos.

Então há um leque aberto de opções no mercado de trabalho desta profissão.

  • SE TEM ENRIQUECIMENTO CULTURAL

A área da gastronomia é muito ampla para a especialização. Existem todos os tipos de culinárias orientais e ocidentais, sendo elas de uma diversidade enorme. 

Além de aprender qual o prato típico daquela região, você aprende também muito sobre as crenças, cultura e história daquele lugar.

Também temos a confeitaria, uma área super querida e que vem se destacando. Durante a pandemia, surgiram vários tipos de doces comercializados que geraram renda extra para muita gente.

Especializando-se nela, temos as subdivisões de oriental e ocidental, como a comida tradicional.

  • RETORNO FINANCEIRO E EMOCIONAL DA GASTRONOMIA

Uma profissão que é bem reconhecida e gera uma receita ótima, que paga muito bem é essa. 

Dependendo da empresa (e localização dela) onde se trabalha, o salário inicial para o cargo de Chef, é em torno de R$3.300,00. 

Atualmente (atualizado em fevereiro de 2021), o Chef Executivo ganha aproximadamente R$5.550,00 após percorrer um caminho de promoções.

Além do valor referente ao pagamento, o Chef é também uma referência que todos admiram, visto que o ponto em comum com as pessoas que o cercam e consomem seu trabalho é a comida: algo essencial para todo ser humano.

E a transformação dela em arte, gera um reconhecimento ainda maior dos seus seguidores.

Mas como toda profissão, existem alguns desafios para se tornar um chef melhor. Alguns deles são:

TRABALHAR MUITAS HORAS NA ALTA TEMPERATURA

Para se tornar um grande Chef, é preciso passar muito tempo na cozinha aprendendo o máximo possível. Além de cursos de gastronomia, a prática é imprescindível para a perfeição. 

Mas para isso, tem que ter muita disposição e força de vontade, porque o futuro Chef não descansa durante seu turno, a fim de se manter estudando para desenvolver o seu melhor.

Isso também influi em dormir pouco, pois quando se torna Chef, passa a abrir e fechar a cozinha todos os dias, já que uma das suas funções é administrar desde os pratos até a parte financeira, o que entra, o que sai e o que precisa comprar.

TRABALHAR SOB PRESSÃO

Como já foi citado, aquele que quer se tornar um chef muito bom, precisa ter garra para sobreviver à cozinha. 

Além de comandar uma equipe inteira e ter que responder ao chef por toda a equipe, ele também tem que saber como tratar um cliente. 

Uma parte da clientela sempre quer falar com o Chef, seja para fazer elogios ou críticas. No caso de críticas, é bom o Chef ter um jogo de cintura para não perder a razão e que o cliente não se exalte.

Voltando ao assunto da equipe, o Chef tem que ser um bom líder para conduzir seu time para o objetivo correto e pelo caminho mais calmo possível, já que a cozinha é um lugar de pressão. Ele tem que ter a cabeça sempre fria para que não haja confusão.

Muitas mulheres relatam que essa área é muito machista, por se ter um pré conceito de que o sexo feminino é frágil e delicado e, portanto, ceder à pressão. 

Mas, felizmente, as mulheres vêm cada vez mais conquistando seu espaço no mercado de trabalho, graças aos ensinamentos passados para as novas gerações sobre respeito e empatia.

Além de tudo isso, o Chef tem que ter o controle de onde vêm suas mercadorias para garantir um prato de qualidade com inspeções sanitárias  liberando-as para uso.

E saber para onde vão seus lixos também é essencial para contar com a sustentabilidade que preza por um planeta melhor e mais saudável.

TESTAR SEUS CONHECIMENTOS GASTRONÔMICOS

Obviamente, o conhecimento técnico da gastronomia é extremamente importante. 

Saber harmonizar os sabores e combiná-los visualmente também é necessário para o aperfeiçoamento da profissão.

Como o famoso Chef Erick Jacquin cita “a apresentação bem feita, dá o prazer de comer” em seu vídeo para a Trip TV.

Ou seja, trabalhar na arte da montagem do prato faz toda a diferença e valoriza seu trabalho.

Conhecer estilos diferentes de culinária torna um Chef ainda mais valioso. 

Como a culinária vegana, que hoje está extraordinariamente em alta. A culinária italiana, incluindo a Pizza, que hoje é uma alternativa prática e ao alcance de todos na hora de pedir comida.

O melhor mesmo é se especializar naquilo que você mais gosta e que achou mais a sua cara. Então, para finalizar, o mais importante é a prática. 

A Escola Viva – Centro Técnico e Profissionalizante, fornece aos profissionais de vários segmentos, cursos que têm o conhecimento necessário para que encontrem a identidade do seu negócio.

Os alunos colocam a mão na massa e ensinam detalhadamente para que haja profissionais competentes e bem instruídos no ramo que eles amam, pois quando se ama o que faz, a sensação é de férias constantes e a prestação de um trabalho exímio para seus clientes.

Clique aqui para fazer sua matrícula para entrar no mercado de trabalho, destacando-se no meio da concorrência.