fbpx
× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 9 8900-6136
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail
O que o cuidador de idosos não pode fazer?

O cuidador de idosos possui funções específicas para sua atuação no ramo. Porém existe um limite nas tarefas que muitas vezes podem ser confundidas com encargos cotidianos.

Essa é uma pergunta muito boa, pois sabemos que a função do cuidador de idosos é manter o paciente confortável consigo mesmo e com o mundo ao seu redor.

Geralmente, ele tem algum problema de saúde e precisa de cuidados específicos que a família não pode dar, ou até mesmo não tem as 24h do dia livre para estar atento ao idoso.

São nessas ocasiões que os cuidadores de idoso são contratados. Para darem uma qualidade de vida melhor aquela pessoa que está precisando de apoio físico e emocional.

A maioria dos cuidadores se apegam aos seus pacientes, e é difícil dizer que tem como não se apegar porque o trabalho e cuidar do idoso como praticamente um filho.

Para saber mais sobre “O que faz um cuidador de idosos”, clique aqui.

Mas as atividades que não são deveres do cuidador também são simples, mas tiram o foco do cuidado ao idoso e isso pode prejudicar a vida do paciente.

Além disso, se o cuidador não houver formação superior em alguma área da saúde, é proibido receitar remédios ou realizar procedimentos médicos específicos.

Neste artigo, serão listados e explicados algumas coisas que o cuidador em si não poderá fazer se não tiver sido contratado com aquela função extra.

RECEITAR OU INDICAR MEDICAMENTOS 

Como citado anteriormente, o cuidador não costuma ter formação em medicina. Sendo assim, para avaliar os riscos e benefícios do remédio no organismo do idoso, ele não está apto a dar um diagnóstico coerente.

Por conta dessa situação, o cuidador não deve dar nenhum medicamento sem a prescrição do médico que acompanha o paciente.

REALIZAR PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS DE ENFERMAGEM

A menos que o cuidador tenha formação na área e permissão para atuar nela, ele não deve fazer nenhum procedimento que requeira conhecimentos específicos.

É a mesma questão do tópico anterior: se não lhe foi atribuída esta função em formação, é proibida a prática dela pois sem estes conhecimentos, a chance de estar arriscando a vida e a saúde do paciente, são grandes.

CUIDAR DA CASA NO GERAL

O ambiente em que o idoso se encontra, arrumar a cama e manter o lugar limpo é diferente de faxinar e se encarregar de tarefas domésticas que exigem seu tempo. 

DAR ATENÇÃO A CRIANÇAS E PETS

Sua prioridade é cuidar do paciente. Cuidar integralmente de crianças e pets também se exclui da função do profissional. 

A não ser que seja previsto em contrato, porém, é mais difícil de ocorrer esses casos. Até porque, na maioria dos casos, o idoso precisa ser supervisionado por conta de sua saúde.

Como ser um bom cuidador de idosos

Todos nós sabemos que para ser bom em algo, é necessário que haja total domínio sobre o assunto em questão. Mas para atuar na área de saúde é necessário ainda uma formação junto com habilidades natas.

Essa formação vai além de uma faculdade de enfermagem ou medicina, existe um Curso de Cuidador de Idosos em Curitiba oferecido pela Escola Viva Avante

Faça já sua matrícula e se torne um grande profissional na área!