fbpx
× Fale Conosco

Solicite um orçamento sem compromisso!

Enviar via
Ou ligue para (41) 9 8900-6136
Se preferir, ligue para nós! Ligar agora!
Clique aqui para falar conosco!
×
× Envie-nos um E-mail
Qual o investimento na fotografia profissional?

A Fotografia é uma arte visual que nos dias de hoje é valorizada, pois guarda momentos e está mais acessível do que quando ela surgiu.

Contudo, para se tornar um profissional da área, é necessário fazer alguns investimentos para obter o retorno desejado.

Um fotógrafo precisa de equipamentos bons e habilidades desenvolvidas com conhecimento prévio sobre configuração dos mesmos e tratamento das imagens produzidas.

Equipamentos

O investimento pode variar de valor conforme o profissional tem disponibilidade para começar. Por exemplo, um tripé com uma câmera de qualidade com flash pode sair até R$ 5.000.

Entretanto, existem produtos mais baratos com quase a mesma qualidade. Um Combo Câmera EOS T100 Premium com Tripé da Canon em promoção custa apenas R$ 3.500. Mas nada impede a criatividade para improvisos.

Computador também é indicado que seja montado um com bastante armazenamento e placa de vídeo, mas as edições saírem perfeitas. Já os programas, alguns ótimos são conseguidos de graça:

Para iluminação, existe a possibilidade de adquirir os equipamentos mais futuramente, pois a luz é fácil de improvisar. Fotos em lugares externos, é possível usar papel alumínio como refletor, por exemplo.

Dependendo da câmera que o fotógrafo tiver, um kit de lentes de boa qualidade pode sair por menos de R$2.000.

Mercado de trabalho

Para um fotógrafo, o mercado é bem amplo. Ele pode ser contratado por uma empresa, ou atuar sozinho. A média salarial de um fotógrafo no Brasil é de R $1.800.

Contudo, existe a possibilidade de ser autônomo e vender books, vender imagens para empresas, cobrir eventos, entre outras tantas possibilidades.

E estes tipos de trabalhos são bem valorizados. A média de valor de um book com 50 fotos, hoje está custando R$1.5000, por exemplo. O valor de um fotógrafo profissional no início da sua carreira, para a cobertura de um casamento, varia de R$ 3.500 à R$ 8.000.

Então com essas médias podemos declarar que compensa ser Fotógrafo Profissional hoje. Se for um ainda que saiba editar suas próprias fotos, compensa mais do que tercerizar alguém para isso.

Como ser um bom fotógrafo

Sabemos que para ser profissional e aclamado em qualquer profissão, é necessário ter conhecimento e diploma. Pensando nisso, a Escola Viva Avante desenvolveu um Curso de Fotografia em Curitiba para você poder realizar seu sonho.

Este curso tem a duração de aproximadamente 6 meses, dependendo da disponibilidade do aluno. Leia mais sobre Como é o Curso de Fotografia.

Não perca mais tempo trabalhando com o que você não gosta. Faça sua matrícula e realize seu sonho de usar a arte ao seu favor!